Cloud Server RedeHost: por que escolher?
Cloud Server RedeHost

A redução de custos tem sido um dos grandes desafios nesse último ano, tanto para grandes corporações, quanto para pequenas e médias empresas, principalmente pelo impacto da crise econômica e a alta do dólar. Ainda que, em muitos casos, a diminuição de gastos seja essencial para a sobrevivência de muitas organizações, é comum que a economia bata de frente com outra questão muito importante: qualidade. Quem aposta em cloud servers, e contrata soluções IaaS, sabe o quanto itens como performance, estabilidade, escalabilidade, latência, também são determinantes.

Seja na contratação, seja na troca de serviços – e ainda mais quando se tratam de soluções fundamentais para o bom funcionamento de um negócio, como no caso de servidores cloud –, a garantia de eficiência deve estar sempre à frente. Ainda que o cenário econômico não esteja tão favorável, o foco exclusivo nas baixas despesas pode acarretar em mais dores de cabeça. Pensando nisso, selecionamos alguns tópicos importantes sobre os benefícios de investir no Cloud Server da RedeHost, seja para uma primeira contratação, para uma migração completa de solução ou para a implementação de ambiente híbridos (com recursos e infraestrutura em empresas diferentes), levando em conta uma soma bastante interessante: alta performance e baixo custo.

Vantagens do Cloud Server da RedeHost

Ótima infraestrutura = alta performance

A alta performance do Cloud Server RedeHost é mantida por sua infraestrutura de ponta. São servidores Dell e HP, com até 512 GB DDR4 e 40 CPUs, que fazem conjunto com discos SAS enterprise de 10k ou 15k RPM. Essa estrutura rende mais IOPS (inputs/outputs por segundo) que a maioria dos clouds oferecidos no mercado, que utilizam tecnologia SSD. Ao possibilitar um acesso a disco mais rápido, é possível elevar a produtividade de equipes, acelerar a entrega de soluções e acesso à informações.

cloud-server-redehost_performance-de-disco

Baixa latência

Com data centers Tier III no Brasil, a latência de seu site pode ser até 11 vezes menor em comparação à hospedagem nos Estados Unidos, por exemplo. Para quem possui muitos acessos no Brasil, manter a hospedagem no país é garantia de maior velocidade de carregamento de páginas.

Caso sua infraestrutura esteja na Amazon, e possua uma arquitetura mais complexa com recursos como S3, ElastiCache, Route53, por exemplo, você pode migrar apenas seus servidores EC2 e EBS para o Cloud Server da RedeHost (veja mais informações abaixo). O único cuidado necessário é optar pela região São Paulo do AWS, que encontra-se bem próxima fisicamente do datacenter RedeHost , garantindo baixa latência.

cloud-server-redehost_latencia

Cloud server de verdade (e não VPS)

Enquanto servidores VPS comprometem a disponibilidade de um site ou aplicação, por consistirem em servidores individuais (fatias de um servidor dedicado), o Cloud Server, por ser uma arquitetura em nuvem, e contar com diversas máquinas dividindo recursos (e em substituição contínua, em caso de queda), além de garantir maior disponibilidade, reduzindo drasticamente os riscos de downtime, oferece mais opções de escalabilidade, além da maior flexibilidade de configuração.

A dúvida com relação entre as duas soluções se dá, principalmente, pela diferenciação de preço. O VPS é uma solução mais barata, já que os recursos e vantagens de um servidor cloud são bastante superiores para sites e aplicações que necessitam, principalmente, de alta disponibilidade. Isso acarreta, muitas vezes, na divulgação de serviços de cloud server que, na realidade, estão baseados em VPS, com o intuito de repassar um menor valor para o cliente.

Na RedeHost, esses dois benefícios estão integrados: cloud server de verdade, dentro de um cluster de servidores e storage, com baixo preço. Mesmo utilizando apenas uma parte de um servidor, para cada hardware que há na nuvem, há um segundo ocioso. Logo, se o hardware que hospeda o seu servidor cloud falhar, outro assumirá o lugar sem que você perceba e sem que o seu serviço saia do ar.

Economia de investimento

Hardware gigante e economia de gastos. Investir no cloud Server da RedeHost é garantia de redução de custos. Para se ter ideia, a mensalidade de um servidor em cloud com 15GB de memória, 40GB de disco, processador 4VCPU e banda de 2mb/s é de apenas R$460, sendo até 70% mais barato que outras soluções. Além disso, o suporte 24×7 e o IP dedicado são totalmente gratuitos, para todos os clientes.

Outra questão interessante é que você pode montar seu cloud server da maneira que quiser, sem pacotes fechados. Sua aplicação não necessita ser adaptada à nossa realidade, você tem total liberdade de escolher somente aquilo que realmente irá utilizar: memória, disco, processador e banda, além de sistemas Linux ou Windows e templates Ubuntu, Debian, Windows Server 2012 ou CentOS.

cloud-server-redehost_economia-de-gastos

Possibilidade de solução híbrida

Em certos casos, algumas soluções são mais críticas de serem migradas. No caso de clientes da Amazon, por exemplo, é possível manter a contratação de recursos adicionais e combiná-los à infraestrutura da RedeHost.

A AWS, por exemplo, disponibiliza serviços de armazenamento na nuvem (S3 e Glacier). Caso o usuário já utilize esta solução, é possível armazenar snapshots de seu cloud server RedeHost em um bucket da Amazon. No caso de banco de dados, caso não deseje migrar bancos alocados no serviço de RDS da Amazon, você pode simplesmente apontar sua aplicação hospedada no cloud server para o endereço disponibilizado pela AWS – isso serve para serviço de banco em memória disponibilizado pelo ElastiCache.

Todos os serviços da AWS são acessíveis atraves de APIs, isso torna ainda mais fácil a utilização e integração dos serviços disponibilizados. Ao migrar apenas sua infraestrutura (servidores EC2 e EBS) para a RedeHost e manter seus recursos (S3, Glacier, ElastiCache, Route53, entre outros) na Amazon, por exemplo, você já garante uma grande economia, já que o maior custo está justamente na contratação de servers.

cloud-server-redehost_solucao-hibrida

Recursos adicionais: Cloud Server RedeHost

Além dos benefícios descritos acima, confira outros que podem ser encontrados na RedeHost.

  • IP dedicado grátis: a imensa maioria dos servidores necessitam de um IP dedicado, portanto a RedeHost integra esse recurso de forma gratuita em seu Cloud Server (sem pegadinhas!).
  • Snapshots: o cliente pode contratar snapshot mensal de seu servidor (de 40GB) e, pelo painel de controle, criar snapshots sempre que quiser.
  • Escalabilidade: é possível aumentar os recursos de memória, processamento, disco e banda quando desejar, conforme a necessidade. Você pode fazer upgrade ou downgrade sempre que necessário.
  • Forte segurança: nossos equipamentos Anti-DDOS filtram o tráfego bom (acesso de clientes) do ruim (ataques) e liberam apenas o que o seu Cloud Server precisa processar. Utilizamos, também, tecnologias de firewall NG, a qual une a eficiência dos firewall tradicionais, a inteligência de um IDS e pró-atividade do IPS, baseando-se na inspeção das aplicações trafegadas.
  • Opção gerenciada: é possível contratar um servidor cloud também na modalidade gerenciada com Cpanel (painel para gerenciamento de hospedagens) e SmarterMail (servidor de e-mail).
  • Suporte gratuito: todos os clientes tem suporte dedicado grátis, 24x7x365. A RedeHost também monitora seu cloud server em tempo real e, em caso de indisponibilidade técnica, agimos imediatamente na resolução.

cloud-server-redehost_banner-post

Para mais informações, informe seu nome e seu email e receba o contato de nossos especialistas em Cloud Server.

Seu Nome:

Seu E-mail:

Não se esqueça de cadastrar seu e-mail para receber em primeira mão todas as novidades do nosso blog 😉

Comente este post