Sabe aquele ditado que em casa de ferreiro o espeto é de pau? Pois é, aqui o espeto é de ferro!

Esta semana a RedeHost concluiu a migração de toda sua infraestrutura de servidores de hospedagem, e-mails e bancos de dados para dentro de nossa estrutura de cloud computing, o cloud server.

Este processo demorou cerca de um ano e meio e hoje temos mais de 200 servidores rodando nas várias nuvens computacionais da RedeHost, sendo que os principais benefícios deste projeto são: a alta disponibilidade de hardware, que em caso de falha este servidor começará a rodar em um novo hardware automaticamente, sem downtime; e a escalabilidade, que facilita a ampliação de recursos de um servidor quando necessário.

Este é um marco que reforça ainda mais nosso constante investimento em novas tecnologias e a consolidação da RedeHost no mercado de Cloud Computing.

Comente este post