Tão importante quanto a decisão de investir em uma infraestrutura na nuvem, é a escolha da empresa de hosting que vai abrigar sua aplicação. Diversos pontos que precisam ser analisados antes de contratar o provedor.

Pensando nisso, listamos os principais pontos que a empresa de hosting deve atender para que seja escolhida para receber sua aplicação.

Como escolher provedor na nuvem

Políticas de segurança

O provedor que você escolheu precisa ter políticas de segurança rígidas para controlar acessos ao servidor onde sua aplicação estará hospedada. Você deve ficar se olho se o host oferece ferramentas anti-DDOS e Firewall para prevenir ataques à sua infraestrutura.

Deve haver também uma preocupação com a segurança física do hardware, com proteções contra desastres naturais e falhas físicas nos equipamentos.

Reputação da empresa

Por se tratar de um serviço muito importante para sua empresa e com valores mais altos do que uma hospedagem compartilhada você deve observar a reputação da empresa de host. Pesquisar sobre o tempo de atuação da empresa, sua reputação no mercado, depoimentos de clientes e avaliação em sites de reclamação pode ajudar a reduzir incertezas antes de migrar seu serviço.

Datacenters

Saber onde estão localizados os datacenters da empresa que você escolheu é outro ponto muito importante. Datacenters no Brasil possuem menos latência e oferecem custos mais baratos se comparados a soluções de fora do país.

Escalabilidade

Você deve verificar se a empresa escolhida possui capacidade operacional para aumentar recursos do seu servidor caso sua aplicação precise escalar recursos. Não adianta contratar um serviço que não possa acompanhar o desempenho da sua empresa.

Quando analisar as opções de host para seu site, procure saber se quando precisar de um upgrade em seu plano essa mudança é fácil de acontecer e não causará problemas para seu site, como downtime durante a migração.

Atendimento

Atendimento é um recurso essencial que você deve observar antes de contratar uma solução na nuvem. Fique atento ao horário de atendimento e as formas de contatar o suporte técnico. A possibilidade de contar com especialista técnico para ajudar, principalmente se sua empresa não dispõe de profissionais técnicos, é outra ponto para observar.

Custo

O valor da hospedagem na nuvem também deve ser levado em conta. Escolher uma empresa no exterior e pagar em dólares pode reservar surpresas no final do mês. Assim como soluções muito baratas podem mascarar pontos importantes que são negados para baratear o custo da hospedagem.

Migração

Verifique se a empresa escolhida oferece auxílio para realizar a migração da sua estrutura para o novo servidor. A migração é um dos pontos mais importantes e poder contar com ajuda de especialistas vai ajudar você a não deixar nada passar.

SLA

Fique atento aos termos do SLA (Service Level Agreement) ofertado pela empresa que você escolheu. O SLA é seu aliado para garantir que todos os termos e requisitos que foram feitos sejam cumpridos rigorosamente pelo provedor.

Linguagens de programação e banco de dados

Antes de contratar um serviço de hospedagem na nuvem é importante verificar se a empresa escolhida oferece suporte a linguagem de programação em que sua aplicação foi desenvolvida. Também vale conferir se o banco de dados que sua aplicação usa é suportado no novo servidor.

Gerenciamento

Um ponto muito importante que você deve atentar na hora de contratar uma solução na nuvem é o gerenciamento do servidor. Se sua empresa não possui equipe técnica para gerenciar sua infraestrutura, é interessante que o hosting ofereça a possibilidade de gerenciar a sua infra.

Agora que já sabe quais pontos precisa analisar para escolher o seu provedor na nuvem que tal conhecer o Cloud Server da RedeHost?

Total
4
Shares